Santos se classifica mesmo perdendo para o Azulão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 17 de novembro de 2002 as 18:08, por: cdb

Mesmo perdendo para o São Caetano por 3 a 2, o Santos acabou fincando com a oitava vaga para a disputa das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro. A equipe foi beneficiada pela vitória de 4 a 0 do Gama contra o Coritiba. Com o resultado, o Santos enfrenta o São Paulo

O primeiro tempo da partida teve uma ligeira superioridade do São Caetano. Com uma marcação eficiente, o time conseguiu proteger a sua defesa e quando precisou ir ao ataque foi mais perigoso.

A primeira jogada ofensiva do São Caetano aconteceu logo aos 3min, quando o lateral Lúcio fez jogada pessoal pela esquerda e chuteou forte, à direita do gol de Rafael.

Três minutos depois, o Santos chegou pela primeira vez ao ataque, mas com vantagem para a defesa do time do ABC. No minuto seguinte foi a vez de Robinho tentar toque para Elano, mas outra vez a defesa do São Caetano interceptou.

O São Caetano desperdiçou nova chance aos 9min. Desta vez, Lúcio cabeceou, a bola bateu em André Luiz e foi pela linha de fundo.

O Santos voltou a levar perigo aos 31min num chute de fora da área, que o goleiro Sílvio Luiz defendeu.

Aos 33min, começou a cair uma forte chuva em São Caetano. Seis minutos depois o time da casa abriu o placar. Após um chute cruzado da direita de Magrão, Claudecir se antecipou e tocou na saída de Rafael.

Em desvantagem, o Santos começou o segundo tempo pressionando e perdeu uma boa chance aos 5min, numa cobrança de falta de Diego rebatida por Sílvio Luiz. Depois disso, a bola foi afastada pela defesa.

Aos 8min, o São Caetano ampliou a vantagem. Capixaba tentou o passe na entrada da área, a bola bateu na defesa do Santos e voltou para ele mesmo marcar.

Foram necessários apenas quatro minutos para a reação do Santos. Após cobrança de falta da direita, Alex apareceu no meio da defesa do São Caetano para marcar de cabeça.

Aos 18min, o São Caetano ampliou a vantagem novamente com um gol de cabeça. Após cruzamento de Anaílson, Claudecir apareceu no meio da área para marcar.

A reação do Santos foi tardia. Aos 43min, Alberto, cobrando pênalti, deu números finais ao jogo. O pênalti foi cometido por Dininho em William.

SÃO CAETANO 3 x 2 SANTOS

São Caetano
Sílvio Luiz; Marlon, Serginho, Dininho e Lúcio; Claudecir, Iriney Magrão e Luiz Carlos Capixaba; Edu Sales e Wágner.
Técnico: Mário Sérgio.

Santos
Rafael; Maurinho, André Luís, Alex e Léo; Alexandre, Renato, Elano e Douglas; Diego e Robinho.
Técnico: Emerson Leão.

Data: 17/11/2002 (Domingo).
Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano (SP).
Árbitro: Paulo César de Oliveira (FIFA SP).
Cartões amarelos: Iriney, Serginho e Capixaba(SC)