Santos não está preocupado com pressão da torcida argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 23 de junho de 2003 as 13:32, por: cdb

Jogar em La Bombonera é considerada uma tarefa difícil. Os fanáticos torcedores do Boca Juniors costumam pressionar muito e empurrar o time para cima dos adversários em seu estádio, onde dificilmente são derrotados.

Além disso, eles procuram incomodar os jogadores também antes da partida, indo ao hotel para badernar.

Apesar de ter um elenco jovem, os santistas, que disputam o primeiro jogo da final da Copa Libertadores da América nesta quarta-feira, dizem estarem preparados para superar qualquer pressão.

– Eles podem berrar o quando quiserem. Eu, particularmente, não vou ouvir nada – afirmou o volante e capitão Paulo Almeida.

O goleiro Fábio Costa não difere do pensamento do companheiro.

– Os jogos se decidem dentro de campo. Já passamos por muita dificuldade nesta Libertadores e superamos tudo. Nada atrapalhou o grupo até agora – disse o jogador.

– Nunca joguei lá. Tive oportunidade de atuar no Monumental, e sei que é diferente em La Bombonera. Mas estamos preparados. O grupo está consciente e irá pensar apenas em atuar em campo – discursou o meia Fabiano, que deve substituir Elano.

Fábio Costa pensa, inclusive, acredita que o Santos tem condições de fazer uma boa partida e sair com um resultado favorável.

– Temos que conseguir um resultado que nos dê tranqüilidade para atuar em casa – finalizou.