Sanguessugas: PF indicia mais sete ex-parlamentares

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007 as 19:30, por: cdb

A Polícia Federal (PF) indiciou mais sete ex-parlamentares por suposto envolvimento com a máfia das sanguessugas. Segundo a PF, os ex-deputados federais Agnaldo Muniz (PP-RO), Almerinda Carvalho (PMDB-RJ), Almir Moura (Sem partido-RJ), Dr. Heleno (PSC-RJ), José Divino (Sem partido-RJ), João Mendes (Sem partido-RJ) e Jefferson Campos (PTB-SP) teriam praticado os crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Com os novos casos, chegou a 31 o número de ex-parlamentares indiciados por envolvimento com o esquema de desvio de dinheiro público para compra de ambulâncias. A PF ainda investiga cinco deputados, 48 ex-deputados e 31 prefeituras.

Segundo uma fonte próxima à investigação, se o Supremo Tribunal Federal (STF), onde tramitam os inquéritos, conceder mais prazo para a investigação, mais de 80% dos investigados devem ser indiciados.