Sanções contra MS podem ser definidas em fevereiro de 2002

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de setembro de 2001 as 18:27, por: cdb

Novos movimentos de tropas na guerra judicial do governo norte-americano contra a empresa de Bill Gates. As duas partes apresentaram uma série de novas considerações sobre o processo à Justiça americana. O Departamento de Justiça (DOJ) pede que a próxima batalha da guerra judical – que decidirá as sanções contra a desenvolvedora – seja agendada para fevereiro.

Segundo fontes dogoverno, o DOJ deseja que as audiências sejam marcadas a partir de 4 de fevereiro de 2002 e que seja limitado em 40 horas o tempo de testemunho garantido a cada lado. Os advogados de defesa, no entanto, preferem que não seja especificada uma agenda até que o governo sinalize como pretende penalizar a companhia.

As propostas enviadas à Corte Distrital representam um resumo de como as partes vislumbram a nova fase do processo. Nas argumentações de ambos os lados, defesa e acusação apontam o que esperam da agenda – que vai penalizar a Microsoft por ter infringido leis antitruste americanas. O passo seguinte será determinar as sanções contra a infratora.

No documento, as duas partes alegam que tentaram chegar a um acordo durante os últimos cinco meses, o que não foi possível. Afirmam ainda que continuarão com possíveis conversações – só que através de reuniões privadas e não com a presença do mediador, como vinha acontecendo.