Saldo médio da balança comercial continua em alta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de novembro de 2005 as 12:20, por: cdb

As exportações brasileiras somaram US$ 2,221 bilhões na semana passada, com queda de 15,06% na comparação com a semana anterior, por causa do feriado da última terça-feira. As importações caíram um pouco mais (22,61%) e fecharam em US$ 1,297 bilhão. Esse movimento possibilitou saldo de US$ 924 milhões na semana, com saldo médio diário de US$ 231 milhões.

Com isso, o superávit comercial em 12 dias úteis de novembro subiu para US$ 2,752 bilhões (mais que o saldo de US$ 2,076 bilhões em todo o mês de novembro do ano passado), o que dá média diária de US$ 229,33 milhões e permite projetar o segundo melhor superávit mensal do ano, caso o volume de comércio internacional se mantenha no mesmo nível. Perderá apenas para julho, quando o saldo chegou a US$ 5,007 bilhões.

Os números gerais da balança comercial foram divulgados nesta segunda-feira no endereço eletrônico www.desenvolvimento.gov.br, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), e mostram que o superávit no ano chega a US$ 39,102 bilhões – US$ 9,585 bilhões ou 32,47% a mais que o saldo obtido no mesmo período do ano passado, que até então tinha sido o melhor de todos os tempos.

Esse saldo é resultado de exportações de US$ 103,501 bilhões no ano, com aumento de 22,4% na comparação com igual período de 2004, e de importações totais de US$ 64,399 bilhões, que cresceram 16,9%. O crescimento de fluxo comercial projeta saldo anual superior a US$ 42,4 bilhões, de acordo com o boletim Focus, distribuído hoje pelo Banco Central, com expectativas de analistas de mercado e de instituições financeiras.