Safra agrícola tende a crescer em 2006

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de janeiro de 2006 as 15:25, por: cdb

A safra agrícola brasileira de 2005 teve redução de 5,51%, ou 6,5 milhões de toneladas, na comparação com a de 2004. Foram colhidos 112, 715 milhões de toneladas de grãos no ano passado, contra 119, 294 milhões da safra de 2004. Os números finais foram divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O gerente de Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do IBGE, Neuton Alves Rocha, disse que os fenômenos climáticos foram os principais responsáveis pela queda da safra. Ele lembrou que a seca fez a região sul perder a liderança na produção nacional de grãos para a região centro-oeste. No ano passado, o Sul foi responsável por 34,4% da produção nacional de grãos, enquanto o Centro-Oeste respondeu por 37,6%.

O IBGE também divulgou hoje o segundo prognóstico da safra agrícola de 2006. A perspectiva dos técnicos do IBGE, baseados nos dados atuais, é de crescimento de 13,2% , com uma produção estimada de 127, 612 milhões de toneladas de grãos este ano. De acordo com Alves Rocha, neste segundo prognóstico, as perspectivas das condições climáticas no Sul são melhores, o que deverá levar a região a retomar, na safra de 2006, a liderança nacional, com 41,8% da produção de grãos, contra 33,2% do Centro-Oeste.