Saddam diz que Iraque está pronto para ataque dos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 17 de janeiro de 2002 as 16:56, por: cdb

O presidente do Iraque, Saddam Hussein, afirmou que o país está pronto para ataques americanos e que derrotaria uma nova campanha militar dos Estados Unidos. Em discurso que marcou o aniversário de 11 anos do início da Guerra do Golfo, Saddam afirmou que a população do Iraque está mais confiante agora do que em 1991, quando os Estados Unidos atacaram o país e forçaram a retirada de tropas iraquianas do Kuwait.

A declaração de Saddam ocorreu depois que, na quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, voltou a ameaçar o Iraque e exigir que o país aceite a visita de inspetores da ONU (Organização das Nações Unidas). O governo dos Estados Unidos quer que uma comissão internacional cheque se o Iraque está desenvolvendo armas químicas, biológicas ou nucleares, verificação interrompida pelos iraquianos em 1998.

Saddam afirmou que o Iraque tem acumulado experiência em lutar contra os Estados Unidos e seus aliados, devido à guerra de 1991 e aos constantes bombardeios contra as defesas aéreas do país. “Depois da agressão de 11 anos atrás e das agressões que continuam até hoje, nosso povo não vai ser tomado de surpresa”, disse o líder iraquiano.

O presidente Bush tem repetido que o Iraque pode ser atacado como parte da chamada campanha antiterrorista, promovida pelos Estados Unidos. De acordo com Saddam, a resposta americana aos atentados de 11 de setembro tem perdido apoio internacional e o Estados Unidos estão “escorregando em direção a um abismo”.