Sada Cruzeiro bate Bolivar por 3 a 0 e segue em excursão pela Argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de setembro de 2011 as 07:48, por: cdb

Sada Cruzeiro bate Bolivar por 3 a 0 e segue em excursão pela Argentina

Da Assessoria de Imprensa do Sada Cruzeiro

O Sada Cruzeiro terminou bem a sequência de jogos em Buenos Aires e sai da capital da Argentina com duas vitórias. Na noite desse sábado o time estrelado bateu o Drean Bolivar por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/18 e 25/20, no Ginásio Omar Monza. No primeiro jogo, na sexta-feira, o placar foi 3 a 1 para os brasileiros.

Agora o elenco comandado pelo treinador Marcelo Mendez continua sua excursão pela Argentina. A próxima parada é em Concepcion do Uruguay, onde a Raposa enfrentará o Boca Juniors em três partidas, a partir desta segunda-feira. Depois os cruzeirenses viajam para Mar Del Plata, para jogar contra o Buenos Aires Unidos.

O oposto Alemão foi o maior pontuador do Sada Cruzeiro, com 12 pontos, seguido pelo meio-de-rede Douglas Cordeiro com 9, o central Rogério com 8 e o ponteiro Filipe com 7 marcações. Pelo Bolivar o brasileiro Evandro foi o maior pontuador em quadra, com 14 acertos.

Na partida deste sábado o técnico Marcelo Mendez começou com uma formação diferente, com o ponteiro Maurício no lugar do cubano Sanchez e a volta de Douglas Cordeiro, que se recuperava de uma tendinite no joelho direito. Douglas teve quase 70% de aproveitamento no ataque e Maurício, pela primeira vez após a cirurgia no pé direito jogou uma partida inteira.

“Ainda estou um pouco fora de ritmo. Mas jogar uma partida inteira e bem, depois de quase cinco meses, é uma satisfação muito grande. É uma amostra do que eu posso fazer pelo time. Quero ajudar muito”, disse o jovem Maurício.

O experiente Douglas Cordeiro também ficou feliz com a atuação. “Voltar a jogar é muito bom. Hoje fizemos uma boa partida. Analisamos melhor o jogo deles depois de ontem, sacamos bem e bloqueamos. O time já mostrou mais entrosamento”, analisa.

Sada Cruzeiro – William, Alemão, Filipe e Maurício, Rogério e Douglas Cordeiro e o líbero Serginho. Entraram Wallace e Daniel.

Drean Bolivar – Thiago Gelinski, Evandro, Filardi, Jekic, Arroyo, Llanos e o líbero Lopes. Entraram Bruno e Deppaiagi.

(Este