Sacerdote espanhol condenado por abuso sexual de menor

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de maio de 2003 as 10:24, por: cdb

Um sacerdote de Madrid, de 73 anos de idade, foi condenado nesta sexta-feira a 10 anos de prisão por abusar sexualmente de uma menor durante nove anos, informaram fontes judiciais.

O tribunal deu como provado que o sacerdote, José M., membro do tribunal eclesiástico de Madrid, abusou sexualmente da menor, de forma continuada, durante nove anos, em vários lugares, entre eles o próprio domicílio da vítima, onde residia como hóspede.

José M. gozava da confiança da mãe e dava aulas particulares à menor.

A menor, hoje com 27 anos, sofreu os abusos entre os 4 e os 13, situação que só tornou pública quando já tinha 21 anos.

Este foi o primeiro julgamento na Espanha em que um tribunal admitiu a hipnose como elemento de prova.

O tribunal condenou ainda o sacerdote a oito anos de proibição de exercer a docência e ao pagamento de uma indemnização à vítima de 70.000 euros por danos morais.