Russo de 83 anos está à procura da sua 33ª esposa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de fevereiro de 2007 as 19:20, por: cdb

Esta terça-feira é dia dos namorados nos Estados Unidos, mas o russo Alexandr Kapitunov, de 83 anos, residente na região de Krasnodar, busca uma nova mulher para formar uma família, após ter se casado 32 vezes, segundo o jornal Moskovski Komsomolets. O octogenário pôs o seguinte anúncio nos jornais: “Busco uma jovem de entre 18 e 24 anos, de baixa renda ou órfã, para fins matrimoniais”.

Quando foi visitado pela repórter do jornal, Kapitunov a recebeu como uma candidata a esposa.

– Entre, por favor, você é a terceira menina que vem pelo aviso -, disse.

– Só quero uma esposa que me dê um herdeiro, a quem deixarei minha casa e minhas economias – disse.

Kapitunov diz ter 16 filhos, todos eles homens, que são uns “inúteis”, e que por isso precisa de um novo herdeiro. Sua primeira mulher, com a qual se casou em 1948, se chamava Tamara e tinha 23 anos. Kapitunov diz que se divorciou dela devido a divergências com a sogra.

Após se separar de Angelina, sua 16ª mulher, Kapitunov se casou outras 16 vezes, todas elas com meninas de pouco mais de 20 anos e estudantes da escola da qual ele era vice-diretor.

Na região em que Kapitunov mora, no sudeste da Rússia, as mulheres não ficam atrás quando o assunto é casamento: o jornal localizou uma mulher de 77 anos, Yekaterina Liulko, que se casou 28 vezes e ficou viúva em 27 ocasiões.

Liulko, que tem apenas um filho, não publicou um anúncio matrimonial, mas disse ao jornal que ainda espera encontrar seu homem, um “bom avô e trabalhador”.