Ronaldinho recebe a notícia de que contusão não é grave

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de novembro de 2001 as 19:58, por: cdb

O atacante Ronaldo, da Inter de Milão, recebeu uma boa notícia, nesta segunda-feira, quando foi informado de que a contusão que o havia tirado da partida de sua volta ao campeonato italiano, depois de dois anos de ausência, na tarde de domingo, aos 13 minutos, não é séria.

O astro brasileiro, que havia tocado na bola apenas três vezes, enfrentava o Lecce quando levou a mão à coxa esquerda e foi atendido fora de campo.

“Não foi um estiramento muscular, apenas uma leve contratura em seu tendão de jarrete esquerdo”, disse o médico da Inter Franco Combi à agência de notícias Ansa.

O técnico da equipe, Giovanni Trapattoni, solidarizou-se com Ronaldo.

“Quando eu jogava tive um problema igual no mesmo músculo que aflige Ronaldo”, disse o treinador. “Você pode treinar e jogar 90 minutos, mas não é a mesma coisa física ou mentalmente do que quando disputa uma partida para valer”.

Trapattoni lembrou que teve que abandonar o futebol aos 33 anos.

“Mas Ronaldo é jovem o suficiente para se recuperar e eu espero que ele volte com tudo e rapidamente; é o que todo o mundo quer”, completou o técnico.

Ronaldo, de 25 anos, recebeu apoio também de seus companheiros na seleção brasileira Emerson e Cafu, que jogam no Roma.

“Queremos vê-lo jogar de novo em Roma”, disseram os dois jogadores, em uma mensagem conjunta. “Ele é um grande campeão e estamos certos que essa demora (em voltar a jogar) não vai lhe causar muitos problemas”.