Rodrigo Neves assume secretaria com planos de modernidade para Niterói

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 31 de janeiro de 2005 as 13:07, por: cdb

Rodrigo Neves, vereador mais votado de Niterói, assumiu nesta segunda-feira um novo desafio. Ele é hoje o titular da secretaria municipal de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, de onde traça metas para inserir o município “na era da modernidade”, como afirmou em entrevista exclusiva ao Correio do Brasil. Entre as principais diretrizes do novo secretário está, ainda, a criação de um consórcio de municipios na Região Metropolitana, com a parceria de São Gonçalo, Itaboraí e Maricá.

O conceito de desenvolvimento, aplicado à secretaria onde Rodrigo Neves irá buscar novos investimentos para Niterói e demais municípios do Leste Metropolitano, vai além da busca por mais recursos econômicos. Como ele explicou, “é preciso levar em conta outros fatores que também integram o desenvolvimento de uma cidade, de uma região, como a qualidade de vida dos habitantes, o que transforma o fator econômico em apenas mais um instrumento na busca desta melhoria na vida das pessoas”.

– Niterói é, hoje, a mais importante cidade fluminense a ser governada pelo Partido dos Trabalhadores. Na gestão do prefeito Godofredo Pinto, vou ajudar no estabelecimento de um canal de negociação direto com Brasília. Por ter pertencido ao Diretório Nacional do PT, tive a oportunidade de conhecer vários integrantes do governo Lula, o que facilita ainda mais a apresentação dos projetos que iremos desenvolver junto com a União – afirmou Rodrigo.

O secretário estabeleceu três pontos de atuação, para os próximos meses, nos quais irá apoiar as medidas previstas para o crescimento local e regional. Entre os incentivos visados junto ao governo federal consta a revitalização da região portuária de Niterói. O fortalecimento do crédito para a Construção Civil, “principalmente para a classe média”, reforçou, também está em sua escala de prioridades.

– As comunidades de baixa renda já contam com uma cesta completa de financiamento, por parte de setores econômicos importantes, e a classe média prescinde destes recursos. Esta é uma área em que atuaremos com muita dedicação – disse o secretário.

A busca de apoio junto à iniciativa privada, para a consolidação dos projetos em curso, também está na lista de ações do secretário.

– As Parcerias Público-Privadas (PPPs) serão uma realidade aqui em Niterói, em curto espaço de tempo. Entre os setores nos quais buscaremos atrair o investimento empresarial estão o dos transportes,  trânsito, infra-estrutura e turismo – adiantou.

O desenvolvimento regional também é uma das preocupações do governo municipal de Niterói. Como lembrou Rodrigo Neves, “a cidade está inserida no contexto do Leste Metropolitano e queremos iniciar uma gestão consorciada com os municípios vizinhos”.

– Temos problemas em comum, mas também compartilhamos de soluções viáveis, desde que trabalhemos em conjunto – disse.

Indicadores sócio-econômicos favoráveis, proximidade política com o governo federal e apoio da iniciativa privada são as vantagens que, segundo Rodrigo Neves, “o prefeito Godofredo Pinto dispõe para construir uma gestão que, sem nenhuma dúvida, poderá ser a melhor na história da cidade”.

– Vamos inserir Niterói, definitivamente, na modernidade com forte conteúdo social e democrático – concluiu.