Rodovia dos Imigrantes ganha segunda pista nesta terça

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 17 de dezembro de 2002 as 00:14, por: cdb

A Rodovia dos Imigrantes ganhará nesta terça-feira uma nova pista que ampliará em 70% a capacidade do Sistema Anchieta/Imigrantes (passando dos 8.500 veículos/hora para 14 mil).

A partir do dia 18, aumenta também o pedágio pelo Sistema. A nova taxa será de R$ 9,60, 45,45% mais cara. O reajuste ajuda a diminuir o preço de outros dois postos – o da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (em São Vicente, que passa para R$ 2,60) e o da Dom Domenico Rangoni (ex-Piaçagüera-Guarujá, cai para R$ 4,40). Anteriormente os três pedágios cobravam R$ 6,60.

“A duplicação da Imigrantes é um marco que vai eliminar o gargalo entre o Planalto e o Litoral, é o caminho do desenvolvimento regional”, disse o governador Geraldo Alckmin ao anunciar a inauguração. As obras começaram em setembro de 1998 e terminaram em dezembro de 2002.

A ampliação da rodovia seria um primeiro passo do governo estadual para estimular o desenvolvimento da Baixada Santista (que conta com nove cidades: Santos, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Mongaguá, Itanhaém, Cubatão, Bertioga e Peruíbe). Estima-se que, com o tempo mais curto no trajeto Baixada-Capital, mais pessoas se mudem para o litoral, mantendo os empregos em São Paulo.

Gastos, túneis, ecologia e segurança

Cerca de R$ 800 milhões (US$ 300 milhões) foram gastos nos trabalhos de construção dos 21 quilômetros da estrada. A maior parte dela – 11,5 quilômetros – fica na Serra do Mar, enquanto outros 5 ficam no Planalto, e mais 4,5 estão na Baixada. A nova pista inicia-se no km 41 e vai até o km 62 (onde termina no Viaduto Estaiado).

Fazem parte do complexo três túneis (totalizando 8,23 quilômetros, sendo que um deles é o maior túnel rodoviário do Brasil, com mais de 3 quilômetros) e dez viadutos. No total foram usados 420.000 m3 de concreto (o que equivale a nove estádios do Morumbi) e 25.000 toneladas de aço (o suficiente para quatro torres Eiffel).

Segundo a Ecovias (que administra o Sistema Anchieta/Imigrantes), apenas 40 hectares de Mata Atlântica foram desmatados – sendo que serão repostos com 3 milhões de mudas, uma proporção de dez novas árvores para cada retirada, de acordo com a empresa.

Na segunda-feira (16), a Secretaria de Segurança Pública entregou 33 novas viaturas para a Polícia Rodoviária Estadual. Elas deverão ser utilizadas nas Operações Verão e Férias 2002/2003 (entre dezembro e fevereiro).