Robson Gomes entrega escrituras e anuncia regularização de quase 12 mil lotes em Ipatinga

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 09:07, por: cdb

(28/03/2012) – Legalização fundiáriaRobson Gomes entrega escrituras e anuncia regularização de quase 12 mil lotes em Ipatinga

Cinco famílias que há 12 anos moram na rua Lins, no bairro Veneza, receberam das mãos do prefeito Robson Gomes da Silva (PPS) as escrituras definitivas dos seus imóveis. A reunião para entrega dos títulos de propriedade ocorreu na noite de terça-feira (27), na residência de Dona Geralda Ferreira de Jesus, uma das pessoas contempladas com o trabalho de legalização de propriedades promovido pela Prefeitura de Ipatinga.

“Estou alegre de receber a escritura. Luto por isso há muitos anos. Agora estou segura. Todo mundo duvidada desse governo e nós conseguimos”, destacou Dona Geralda, que a exemplo de outros moradores transferiu sua residência para a rua Lins depois que a Prefeitura de Ipatinga decidiu fazer uma intervenção na rua Londrina, próximo ao cemitério Senhora da Paz, onde todos moravam anteriormente. “Há muito tempo aguardando por esse momento, a minha mãe é a que mais comemora essa conquista. Tem bastante tempo que estamos esperando e, graças a Deus, veio no mandato do Robson”, lembrou Naor de Oliveira Neves, um dos filhos de Dona Geralda, que mora em Ipatinga há 48 anos.

Esforços

Robson Gomes afirmou que o trabalho de escrituração dos imóveis de Ipatinga é resultado da soma de esforços e demonstra a preocupação da atual administração em oferecer oportunidades para o crescimento do município. “Sinto como se eu estivesse recebendo as escrituras. Estou feliz em compartilhar esse momento com as famílias, que passam a contar com seus imóveis de fato e de direito. Temos em Ipatinga quase 12 mil famílias esperando por isso também. Estamos trabalhando para que, através da regularização fundiária, todos sejam contemplados”, anunciou.

Para Robson Gomes, o importante com este ato é “estabelecer uma relação com a sociedade, principalmente as mais humildes, para que tenham mais qualidade de vida”. “A legalização de posse de imóveis que, por razões diversas, não foram escriturados anteriormente, faz parte da política da Prefeitura de Ipatinga em regularizar as pendências imobiliárias em alguns bairros do município. Esta é a nossa vontade e estamos conseguindo, com muito esforço, entregar as escrituras às famílias que, sabemos, adquiriram seus terrenos com muito esforço”, disse.

O prefeito de Ipatinga lembrou também que a sua administração tem o ser humano como foco. “Tudo o que fazemos é visando o bem-estar das pessoas. E vamos continuar assim, até o último dia do nosso mandato. É bom ouvir dos moradores que precisamos de mais tempo para fazer tudo que queremos. Hoje me sinto na condição de continuar quatro anos de mandato e realizar mais pelo nosso município em função da experiência que obtivemos e das aprovações que passamos”, arrematou.

Honra

O líder comunitário Manoel Costa dos Santos, Seu Manoel do Veneza II, não poupou esforços para possibilitar que estas famílias se tornassem oficialmente proprietárias do espaço onde já moram. “Sinto-me honrado de ter cumprido com meu papel. A Prefeitura de Ipatinga teve responsabilidade com esses moradores e agiu rápido no processo. Temos que agradecer o prefeito e sua equipe de governo”, reconheceu.

“Temos que agradecer muito o Seu Manoel e o prefeito de Ipatinga, que entenderam nosso drama. Possuir uma casa documentada é um direito que a gente tem”, lembrou Dona Joaquina Maria Isabel da Silva, uma das moradoras contempladas com a escritura do imóvel. Também receberam os documentos: Lucimar Oliveira, Maria José de Oliveira e Maria do Carmo Alves.

Por: ACS/PMI