Robbie Williams tem clipe censurado antes do lançamento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de março de 2003 as 15:28, por: cdb

Apesar de ser um ídolo pop basicamente para adolescentes e de ter vindo de uma boyband, Robbie Williams sempre fez questão de passar o mais longe possível da imagem de bom moço. Sexy, cínico e depressivo, o cantor se tornou o maior fenômeno britânico dos últimos tempos.

De acordo com o tablóide britânico The Sun a fórmula não só parece estar dando certo como vai de vento em popa. O novo vídeo de Robbie, “Come Undone”, foi censurado antes mesmo do lançamento – o que, como geralmente acontece, deve chamar ainda mais a atenção sobre ele. O “x-rated” teria sido motivado pelo conteúdo sexual do trabalho, que impediria sua veiculação durante o dia.

No vídeo, Robbie, 29 anos, é uma espécie de convidado de honra de uma festa cheia de belas e descontraídas mulheres. Em uma das cenas, o cantor se diverte com uma dupla de garotas semi-nuas em uma banheira, antes de ir para a cama com outras duas moças.

Mas, como em “Rock DJ”, todo o clima de sexo e celebridades acaba sendo substituído por uma espécie cínica de autocrítica. No caso de “Come Undone”, a festa ganha uma atmosfera de pesadelo quando insetos começam a sair das bocas das mulheres e cobras passeiam pelo chão.

Um dos pontos altos é quando Robbie transa com uma mulher que se transforma em homem. Essa é uma das cenas que foi cortada da versão comercial, e só será mostrada tarde da noite na TV britânica e no site oficial de Robbie.

“Come Undone” segue a linha da maior parte das músicas do álbum “Escapology”, em que Robbie diversas vezes reclama e critica sua vida de popstar. Em umas das estrofes, ele diz: “Então é escrever outra balada/ Mixar na quarta/ Vender na quinta/ Comprar um iate no domingo/ É uma canção de amor”.