Risco Brasil deve ficar abaixo de 600 pontos, diz Unibanco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 10 de junho de 2003 as 15:10, por: cdb

O risco Brasil deve recuar para um patamar inferior a 600 pontos no segundo semestre, aposta a equipe do Unibanco Research.

Essa projeção se baseia nas seguintes premissas: aprovação das reformas tributária e da Previdência até o início de 2004 e manutenção do atual cenário de liquidez internacional.

Hoje o risco Brasil, medido pelo banco americano JP Morgan, está em leve alta de 0,13%, somando 738 pontos.

Em relatório, divulgado nesta terça-feira pelos analistas Eduardo Freitas, Juliana Braga e Fernanda Guimarães, a instituição afirma que “ainda há espaço para o ajuste de preços dos papéis brasileiros no curto prazo”.

Eles reiteraram a recomendação de compra para dois títulos da dívida brasileira (os bônus do tipo Global com vencimento em 2008 e 2040 e taxas de 11,5% e 11% ao ano, respectivamente). Além disso, o banco incluiu nas suas recomendações a compra do Global com vencimento em 2009, com taxa de 14,5% ao ano.