Rio vai investir R$ 2,1 milhões para tornar Bangu I mais seguro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 10 de junho de 2003 as 15:21, por: cdb

A Secretaria estadual de Administração Penitenciária vai investir R$ 2,1 milhões com o objetivo de reformar e tornar a penitenciária Laércio da Costa Pelegrino (Bangu I) mais segura. Além de pintura e melhoria da iluminação, os recursos – que fazem parte dos R$ 55 milhões liberados pela Prefeitura por conta da cessão da área do Complexo Penitenciário da Frei Caneca – serão empregados em medidas de modernização, como a instalação de um número maior de câmeras e de um aparelho de raio-X para facilitar a revista dos visitantes.

De acordo com a Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do estado, as mudanças são resultado do primeiro trabalho feito por uma comissão criada pelo secretário Astério Pereira dos Santos para avaliar as condições das prisões do Rio de Janeiro.

Entre as várias sugestões da comissão, que começou o trabalho por Bangu I, a pedido do próprio secretário, está a construção de um passadiço de 266 metros que vai ligar as quatro guaritas que ficam no alto do muro que circunda a penitenciária. A passarela permitirá aos guardas mobilidade e melhor ângulo de visão da área interna da prisão.

Também será instalado um sistema eletrônico de acionamento de todas as portas, para impedir o contato do agente penitenciário com o preso, vidro de proteção para todas as câmeras, para evitar vandalismo, e vidros nas salas dos advogados, para que a comunicação passe a acontecer através de microfones.