Rio: mãe força filha a ajudar em roubo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 20 de março de 2007 as 11:14, por: cdb

Maria de Fátima Ventura, 42 anos, foi presa em um supermercado na rua Sargento Fernandes Fontes, na Pavuna, Zona Norte do Rio, depois de roubar dez latas de azeite importado e colocá-las na bolsa que a filha de 12 anos carregava. Para disfarçar na hora de passar pelo caixa, Maria pagou R$ 2,90 por dois quilos de arroz, enquanto a adolescente saía com a mercadoria roubada. Mas seguranças da loja notaram o furto pelo circuito interno de TV e abordaram as duas quando elas deixavam o estabelecimento.
 
A menina foi entregue ao advogado da mãe e depois levada para casa de parentes. Fátima e a filha moram no Estácio. Na 39ª DP (Pavuna), a mãe disse que só prestará depoimento em juízo, mas em conversa informal com os policiais teria dito que escolhera a Pavuna para o roubo porque o supermercado é mais cheio.
 
A adolescente informou que foi a primeira vez que presenciou a mãe levar produtos de alguma loja, mas admitiu que já desconfiava que Fátima praticasse esse tipo de crime. De acordo com os policiais, a adolescente estava muito assustava e nervosa.
 
A polícia suspeita que Fátima venderia os azeites para bares do centro e do Estácio. Ao ser abordada pelos seguranças, ela disse apenas “perdi”, afirmando em seguida não ter dinheiro para pagar pelas latas. Os seguranças, então, chamaram policiais militares, que as levaram para a delegacia. O segurança André Carvalho contou que essa não foi a primeira vez que aconteceu um roubo como esse no mercado. – Quando pegam apenas um produto, a gente chama a atenção mas, por pena, acaba pagando a mercadoria e liberando a pessoa -.