Rio faz passeata para protestar contra projeto dos royalties

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de novembro de 2012 as 11:10, por: cdb

Cerca de 200 mil pessoas participam do ato dos royalties, na noite desta segunda-feira (26), no Centro do Rio de Janeiro (RJ). O balanço é da Polícia Militar, divulgado por volta das 18h. A manifestação foi para protestar contra o projeto de lei 2.565, que prevê a redistribuição dos royalties do petróleo para outros estados.


Por volta das 16h30, o governador Sérgio Cabral chegou à passeata, acompanhado da atriz Fernanda Montenegro, do governador do Espirito Santo, Renato Casagrande, e do prefeito do Rio, Eduardo Paes. Assim que as autoridades chegaram houve um tumulto com um grupo de manifestantes, que são contrários à demolição do Maracanã e do Museu do Índio, na Zona Norte.

A artista foi a primeira a se apresentar na manifestação, por volta das 17h50. Também participaram Xuxa, dos funkeiros Naldo, Buchecha, Mc Koringa, além do cantor Belo e dos grupos Fundo de Quintal, Molejo, Bom gosto e Monobloco.

A cantora Fernanda Abreu subiu ao palco para ler o Manifesto em Defesa do Rio. O texto pede para a presidenta Dilma Rousseff vetar o projeto. O documento afirma que “o projeto que redistribui os royalties viola o pacto federativo e cria uma guerra sem vencedores”.

Muitos dos participantes vieram de cidades da Baixada Fluminense e do interior do estado, principalmente de Campos dos Goytacazes, Macaé e Quissamã, cidades que recebem grande parcela dos royalties.

O trem e o metrô ofereceram bilhetes gratuitos, entre 13h e 15h, para os manifestantes. O retorno também não foi cobrado.

Fonte: G1

 

..