Rio apresenta os resultados da Operação Verão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 as 13:03, por: cdb
Em uma feira, fiscais removeram 108 barracas ilegais
Em uma feira, fiscais removeram 108 barracas ilegais

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos do Rio apresentou o balanço dos trabalhos da Operação Verão, que teve início em setembro na orla das praias do Rio de Janeiro. O programa contou com os esforços das equipes da Comlurb, Rioluz e Coordenadoria Geral de Conservação (CGC).

– Começamos a preparar a orla para a chegada do verão três meses atrás. Esta é a primeira vez que a Prefeitura do Rio age de forma preventiva. Este, na verdade, é um trabalho continuado de recuperação do tecido urbano que se desgastou ao longo do tempo”, disse o secretário de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório.

Segundo informações da CGC, foram recuperados 1.300 metros quadrados de pisos em pedras portuguesas, 2.000 metros quadrados de recuperação asfáltica e 150 metros quadrados de placas de concreto. Além disso, as equipes limparam 1.200 unidades de ralos e 4.460 metros de galerias de águas pluviais, entre outras intervenções como recuperação dos 80 decks em madeira e implantação de 25 rampas de acessibilidade. A Rioluz normalizou 1.327 pontos de luz na orla e fez a limpeza de 181 vidros de projetores.

As equipes técnicas realizaram a troca e manutenção de lâmpadas, projetores, luminárias, reatores e cabos, além de reparos nas redes de iluminação. A Comlurb fez 1.120 podas de árvores, pintura de 217 bancos e mesas, de 45 brinquedos e reparos em 15 aparelhos de ginástica, além da limpeza e coleta rotineiras.

Os serviços foram realizados nas seguintes orlas: Leme, Urca, Copacabana, Recreio, Reserva, Barra da Tijuca, Botafogo, Flamengo, Pepê, Ipanema, Leblon, Bica, Bandeira e Engenhoca, na Ilha do Governador, Piscinão de Ramos, Pedra, Venda Grande e Guaratiba. A Operação Verão incluiu ainda a recuperação dos postos de salvamento e implantação da nova identidade visual.

A Comlurb já transferiu a responsabilidade da manutenção e operação dos 27 postos de salvamento para a concessionária Orla Rio, que investiu este ano R$ 1,026 milhão na reforma de 24 postos de salvamento. Foram realizadas atividades de manutenção como pinturas, reparos na instalação elétrica e conserto de infiltrações. Até o momento, 19 deles já passaram por obras e a previsão é de que os quatro restantes estejam prontos até a primeira quinzena de janeiro.

No próximo ano, a concessionária deve iniciar as obras de remodelação de todos os postos – do Leme a Pontal. A concessionária está investindo também em mais quiosques na orla de Copacabana. Está em andamento a construção de oito novos quiosques que, juntos, geraram um investimento de R$ 6,5 milhões.

Todos eles devem estar prontos até fevereiro. Visando a comodidade, a empresa trocou todo o mobiliário de mesas e cadeiras dos estabelecimentos, assim como a troca das coberturas de ombrelones por aço inox, fibra e vidro.