Rio amplia número de laboratório para diagnóstico da dengue

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 9 de novembro de 2002 as 16:17, por: cdb

A Secretaria Estadual de Saúde ampliou o número de laboratórios capacitados a realizar diagnósticos da dengue no Rio de Janeiro. Anteriormente, apenas lo Laboratório Central Noel Nutels, no Rio, executava o trabalho que passa a ser feito também em três laboratórios em Petrópolis, Niterói e Campos.

O secretário de Saúde, Leoncio Feitosa, informou que em dezembro será inagurado uma outra unidade laboratorial dentro do Hospital de Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. “Essa iniciativa é muito importante porque poderemos obter diagnóstico da dengue em dois a três dias, aumentando a possibilidade de priorizar o tratamento e evitar mortes”, disse.

Feitosa garantiu que todos os recursos recebidos do MInistério da Saúde são utilizados. Lembrou que 1.004 agentes de endemias já foram contratados e atuam basicamente na Baixada Fluminense. O secretário destacou que 165 médicos estão sendo capacitados em diversos municípios na área de tratamento do paciente com dengue.