Rio 2016 – Juiz de Fora está apta a ser centro de treinamento nos Jogos Olímpicos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2012 as 17:28, por: cdb

JUIZ DE FORA – 24/1/2012 – 18:10

Rio 2016 – Juiz de Fora está apta a ser centro de treinamento nos Jogos Olímpicos

Juiz de Fora está entre as 73 cidades brasileiras selecionadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) no Processo para Cadastramento e Seleção de Locais de Treinamento Pré-Jogos, nas Olimpíadas e Paraolimpíadas do Rio 2016. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira, 24, no Rio de Janeiro, pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

De acordo com a avaliação do COI, Juiz de Fora possui duas instalações esportivas de padrão internacional: o Estádio Municipal e o Ginásio Poliesportivo, que está em construção (ambos considerados uma única instalação), e o Complexo Esportivo da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Agora, o prefeito Custódio Mattos e o secretário de Esporte e Lazer, Renato Miranda, precisam assinar um termo de compromisso que será entregue ao COI. O documento confirma a intenção de disponibilizar para os Comitês Olímpicos e Paraolímpicos Nacionais a infraestrutura local e serviços a serem utilizados durante o período de aclimatação dos atletas que forem competir nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.

“Desde 2009, durante uma reunião com o prefeito, ele me solicitou empenho máximo para que pudéssemos alcançar esta conquista. Foi muito esforço para cumprir todas as exigências do comitê e, finalmente, depois de muito trabalho, recebemos essa notícia maravilhosa para Juiz de Fora. Agora é continuar investindo em infraestrutura para que possamos oferecer uma ótima estada aos atletas que para cá vierem”, ressaltou o secretário de Esporte e Lazer, Renato Miranda, que destacou a parceria com a UFJF como fundamental no êxito desta conquista.

Todo esse processo começou em 2010, quando o COI abriu uma plataforma online para cadastro das cidades interessadas. Mais de 450 municípios foram inscritos. Em seguida, as prefeituras tiveram que enviar ao Comitê um relatório com informações sobre a infraestrutura oferecida pela cidade, como redes hoteleira, hospitalar e de transporte, além de condições climáticas e geográficas. O próximo passo da fase seletiva foi participar de um Seminário de Capacitação de Gestores, promovido pelo COB, realizado em maio do ano passado, no Rio de Janeiro. Na ocasião, Juiz de Fora foi representada pelo secretário de Esporte e Lazer e pelo assessor da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), Heglisson Toledo.

Em setembro do ano passado, representantes do Comitê Rio 2016, que pertence ao COB, vistoriaram o Estádio Municipal, as obras do Ginásio o Complexo Esportivo da UFJF. Em dezembro, o Comitê enviou um formulário indicando que os equipamentos estavam aprovados. Vencidas todas as etapas seletivas, Juiz de Fora será incluída no Guia de Cidades, que será distribuído pelo Comitê Rio 2016 durante as Olimpíadas de Londres, no meio do ano. A partir daí, começam os contatos. A cidade poderá negociar diretamente com qualquer Comitê Olímpico ou federação do país interessado.

Além de Juiz de Fora, outras sete cidades mineiras também foram selecionadas pelo Comitê para centro de treinamento dos Jogos Olímpicos de 2016: Belo Horizonte, Governador Valadares, Poços de Caldas, São Sebastião do Paraíso, Uberlândia, Varginha e Viçosa.

*Informações com a Secretaria de Comunicação Social, pelo telefone 3690-7599.
SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER