Ribeirnhos do Amazonas vão ser atendidos por agência flutuante da Caixa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de dezembro de 2010 as 18:35, por: cdb

Brasília – A primeira agência bancária flutuante do país será lançada amanhã (29), em Manaus, e vai atender a clientes que vivem em localidades situadas em uma área de 124 quilômetros quadrados às margens do Rio Solimões, entre a capital do Amazonas e a cidade de Coari. A agência da Caixa Econômica Federal passará, no trajeto, pelos municípios de Iranduba, Manaquiri, Manacapuru, Anamã, Beruri, Anori e Codajás, que somam 253 mil ribeirinhos.

O objetivo da agência itinerante da Caixa, que tem mais de 1.200 metros quadrados, é fornecer atendimento a populações com dificuldades de acesso a serviços básicos e, com isso, promover o desenvolvimento socioeconômico e a inclusão bancária. A agência vai oferecer todos os serviços bancários e viabilizar o suporte a ações nas áreas de saúde, educação e proteção ambiental.

O barco-agência será batizado com o nome do seringueiro e ativista ambiental Chico Mendes, que ficou mundialmente conhecido por sua luta de preservação da Amazônia. A agência tem capacidade para 65 funcionários e toda a infraestrutura de iluminação, ar condicionado, comunicações, manutenção e segurança. Inclusive com monitoramento de imagens e sistema de localização e rastreamento.

A Caixa vai utilizar os dados da experiência-piloto, com vistas a expandir o atendimento flutuante também a outras áreas da Amazônia. Com esse objetivo, realizou estudos que diagnosticaram 15 calhas de rios, nos diferentes estados da Bacia Amazônica, que futuramente também poderão ser atendidas pelo barco itinerante da instituição.

 

Edição: Aécio Amado