Reuniões ajudam na reconstrução de Angola, diz Lula

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 3 de novembro de 2003 as 11:22, por: cdb

As reuniões bilaterais que ocorrem nesta segunda-feira em Luanda, em Angola, têm o objetivo de “contribuir para o processo de reconstrução nacional angolano”, disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na abertura oficial da visita da comitiva brasileira ao país africano.

Pouco antes das 9h, acompanhado pelo chanceler angolano João Bernardo Miranda, Lula depositou flores no monumento do herói nacional Agostinho Neto, líder do movimento que levou à independência do país de Portugal, em 1975. Dalí, Lula seguiu para o palácio presidencial, onde a comitiva brasileira foi oficialmente recebido pelo presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, acompanhado pelo seu ministério.

Entre 9h30 e 11h, os presidentes e seus respectivos ministérios realizaram reunião bilateral em que decidiram os acertos finais para os acordos de cooperação bilateral, que foram assinados em seguida. A lista inclui áreas como agricultura, créditos para obras e infra-estrutura, educação, formação profissional e, na saúde, o combate a aids.

O presidente angolano reiterou apoio à nomeação do Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da Onu, e Lula agradeceu destacando que Angola pode se tornar “motor para o desenvolvimento de toda uma região”. “O Brasil quer, com gestos e políticas afirmativas concretas, resgatar a nossa relação que durante tanto tempo ficou esquecida”, completou.

O presidente brasileiro disse ainda que vai dedicar seus três anos de mandato restantes para recuperar o tempo perdido nessa relação. Lula disse ainda que esse resgate se trata de uma questão de justiça, e não de um favor.

Ainda hoje, o presidente terá encontro com a comunidade brasileira às 15h, no Hotel Trópico. Em seguida, Lula terá reunião com integrantes da Associação de Empresários e Executivos Brasileiros em Angola e, às 17h, irá à inauguração da Casa de Cultura Brasil-Angola e do Centro de Estudos Embaixador Ovídio de Andrade Melo. No local, visitará a exposição “Brasil-África: Similaridades” e participará da solenidade de assinatura de documento para doação de livros.

Às 20h, Lula comparecerá a jantar oferecido pelo presidente José Eduardo dos Santos, no Palácio Presidencial.

Lula chegará amanhã a Moçambique e, na quinta-feira, fará uma breve visita a Namíbia, para terminar sua viagem africana na sexta-feira, depois de uma escala na África do Sul.