Reunião em Brasília prepara conferência sobre igualdade racial

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 31 de janeiro de 2005 as 15:15, por: cdb

A ministra Matilde Ribeiro, secretária Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Sepir) abriu hoje, em Brasília, o encontro que visa a preparar a Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, marcada para ocorrer de 11 a 13 de maio próximo. O evento reuniu representantes de 20 estados e de diversos municícios com o objetivo de buscar meios de promover a igualdade racial no país.

Pela manhã, foram discutidos temas como o Programa Brasil Quilombola, cujo objetivo é alterar condições de vida e de organização das comunidades remanescentes de quilombos, promovendo o acesso ao conjunto de bens e serviços sociais necessários ao seu desenvolvimento. Outro tema abordado foi a respeito das metas que a Sepir tem para este ano.

Matilde Ribeiro disse que o Governo Federal, quando criou a Sepir, deu um grande passo para a concretização de políticas nesta área.

– Sendo assim, a Conferência será um momento não apenas de balanço da política, mas também de definição de outras estratégias, e perspectivas tendo em vista a inclusão social da população negra e indígena – afirma.

– Este ano foi instituído, via decreto presidencial, como o Ano Nacional de Promoção da Igualdade Racial, isso é um grande avanço para nós, pois jamais algum governo tinha dado tanta importância para esse tema tão polêmico – declarou Matilde.

Este ano, a Sepir pretende estabelecer um canal de diálogo, reflexão e proposição conjunta com a sociedade, considerando também os outros entes da Federação. Encontrar consensos para dar visão a realidade nacional, tendo em vista que discriminação e racismo é um fato presente no nosso cotidiano, portanto, um foco de discussão para este ano.

Para o representante de Minas Gerais, Aloizio Pimenta, a Conferência será um encontro muito produtivo.

– A Sepir não está trabalhando em favor do negro e do indígena, mas, sim, da sociedade brasileira.