Reunião com Nafta foi positiva, avalia secretário

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 2 de novembro de 2002 as 00:03, por: cdb

O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Luiz Carlos de Oliveira, fez uma avaliação positiva da primeira visita feita por representantes do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta) ao Brasil para analisar o risco da carne brasileira.

“O balanço é extremamente positivo porque tivemos a oportunidade de mostrar várias regiões brasileiras”, afirmou Oliveira.

Além disso, segundo o secretário, eles colheram mais informações do que esperavam em apenas uma semana.

O objetivo da inspeção, acompanhada por técnicos do ministério, a propriedades rurais e unidades de Defesa Agropecuária em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará e fronteira da Bahia com Pernambuco é habilitar o país a exportar carne bovina fresca.

Eles estiveram também em laboratórios do ministério, no Pará, Minas Gerais e Pernambuco. A próxima visita dos representantes do Nafta ao Brasil está prevista para o início do ano que vem.

De acordo com Oliveira, os técnicos americanos e canadenses elogiaram a forma como o Brasil está aplicando o Sistema de Identificação e Rastreabilidade Bovina e a os laboratórios do ministério no Pará, Minas Gerais e Pernambuco.

Os representantes fizeram algumas recomendações como aumentar a fiscalização de fronteiras, fortalecer o quadro de pessoal e investir em equipamentos.

O secretário disse que eles ficaram preocupados com a mudança de governo porque poderia provocar uma descontinuidade nesse processo. Mas, foram tranqüilizados, pois o secretário acredita que se houver mudança será para melhor.