Requião demite presidente do Serlopar por quebra de confiança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 3 de outubro de 2003 as 19:28, por: cdb

O governador Roberto Requião demitiu, nesta sexta-feira, por quebra de confiança, o presidente do Serviço de Loterias do Paraná (Serlopar), João Tadeu Serpa Nunes.

Serpa Nunes tentou autorizar a prorrogação de convênios da Serlopar com fornecedores de máquinas de jogo, contrariando a linha do governo de combate à modalidade no Paraná. O assessor especial de governo, Mario Marcondes Lobo, foi indicado pelo governador para ocupar o cargo.

Essas máquinas, que teriam seus convênios renovados, se assemelham a caça-níqueis e o governador tem uma posição muita clara em relação ao jogo de azar.

“Essas máquinas não fazem bem à integridade da família paranaense e, principalmente, aos jovens do Paraná”, salientou o governador que desconfia dessas máquinas e da possibilidade que seu uso tem de lesar a população.

A autorização para renovação desse convênio estava sendo dada sem o conhecimento do governador, que aguardava o final do contrato para eliminar definitivamente o convênio entre a Serlopar e os fornecedores.