Reinaldo Nogueira apresenta experiências de Indaiatuba no Fórum Campinas+21

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 15:11, por: cdb
  • Publicação: 26/03/2012 – 18:09h
  • Redatores: Lincoln Franco
  • Release N.º: 624
  • Eliandro Figueira ACS/PMI

    O prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira (PMDB) participou durante a manhã de segunda-feira (26) da abertura do Fórum Campinas +21. O evento aconteceu no hotel Royal Palm Plaza Resort e terá continuidade na terça-feira (27). O objetivo é discutir políticas para o desenvolvimento sustentável da RMC (Região Metropolitana de Campinas). Ele foi convidado pelo presidente do Fórum das Américas Mario Garnero e pelo diretor do Núcleo de Sustentabilidade da Associação das Nações Unidas – Brasil, Fernando Garnero.

    Durante discurso, Reinaldo Nogueira falou da preocupação em manter a harmonia entre o desenvolvimento e a natureza. “Indaiatuba cresce 2,84% enquanto o estado, 1,10% e um dos nossos grandes desafios foi fazer o município crescer mantendo uma harmonia entre o desenvolvimento e o meio ambiente. A evolução aconteceu de forma planejada e fomos recompensados pela natureza, pois criamos um Parque Ecológico no meio da cidade, com 12 quilômetros de extensão”, comentou.

    O prefeito destacou três projetos desenvolvidos para garantir um equilíbrio constante. O primeiro a ser citado foram os Ecopontos instalados em escolas municipais, que recebem materiais recicláveis, entre eles o óleo de cozinha. O segundo é a Nova Usina de Biodiesel, que recicla o óleo de cozinha e transforma em biocombustível para veículos da Prefeitura e do Saae (serviço Autônomo de Água e Esgotos). Para concluir ele apresentou um projeto que entre em operação nos próximos meses, a Ecobike. Bicicletas produzidas com garrafas pets recicladas serão disponibilizadas gratuitamente para a população. A cidade possui atualmente cerca de 20 quilômetros de ciclovias. “Com 200 garrafas pets recicladas é possível construir um bicicleta e vamos oferecer várias unidades para que a população possa passear ou mesmo seguir ao trabalho, sem cobrar nada”, definiu. Durante o discurso uma das bicicletas entrou para uma demonstração.

    Reinaldo concluiu dizendo que Indaiatuba possui ainda vários outros projetos na área de meio ambiente, como o Bosque do Saber, uma escola ambiental além de possuir o selo verde-azul. “Sei que ainda temos muito a fazer, mas acredito firmemente que estamos no caminho certo”, afirmou.

    Estiveram presentes no evento representantes acadêmicos, da sociedade civil, educadores e do terceiro setor. Participaram ainda a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes, o presidente da RMC Hamilton Bernardes Júnior e o prefeito interino de Campinas, Pedro Serafim. Também compareceram lideranças políticas de toda a região.

    As idéias debatidas no Campinas +21 serão levadas para o Rio + 20, em junho. O evento reunirá líderes dos 193 Estados que integram a ONU (Organização das Nações Unidas) para fazer um balanço do que foi realizado nos últimos 20 anos. Também serão discutidas novas maneiras de recuperação do planeta sem impedir o progresso.

    O fórum acontece em parceria com o Fórum das Américas, Anhanguera Educacional, Unicamp, OAB-Campinas, Brasilinvest, Ciesp, Anubra (Núcleo de Sustentabilidade da Associação das Nações Unidas – Brasil) e Conselho de Desenvolvimento da RMC.

    #