Reforma tributária deve ser votada até setembro, diz deputado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 10 de junho de 2003 as 17:02, por: cdb

O deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), relator da Comissão Especial da Reforma Tributária, anunciou nesta terça-feira que o substitutivo à proposta do Governo deve ser votado no final de agosto ou início de setembro na Comissão. Admitiu atender reivindicação dos governadores de estados menos industrializados, que defendem a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no destino e não na origem dos produtos.

O deputado Virgílio Guimarães disse que não pretende concluir seu relatório sobre a reforma tributária sem ouvir governadores como Germano Rigotto (PMDB-RS), ex-presidente da Comissão Especial que tratou da reforma no Governo passado, “mesmo que a Comissão anterior tenha ouvido”. Na opinião de Virgílio Guimarães, se for importante muitas autoridades em tributos deverão retornar à Câmara, “porque a proposta do Governo Lula é diferente daquela enviada pelo governo de Fernando Henrique Cardoso”.