Rapper Sabotage é morto a tiros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de janeiro de 2003 as 14:06, por: cdb

Mauro Matheus dos Santos, conhecido como o rapper Sabotage, de 29 anos, foi morto a tiros ontem à noite, em São Paulo. Ele foi executado na zona sul da cidade por um grupo de homens, que dispararam várias vezes.

Sabotage, um ex-interno da Febem e ex-“soldado” de traficantes, cresceu na Favela do Canão, nas Águas Espraiadas. Havia trocado o crime pelo rap e se tornado um dos mais influentes músicos de sua geração.

“Eu dava trabalho para esse pessoal aqui da área, era terrorista, andava armado, ninguém chegava perto de mim”, disse ao Estado, no ano passado. “Hoje eu vivo de show, ajudo os irmãos com isso aí, ainda vou tirar bastante ladrão do crime. Quando não tem atividade, o mano vai pensar em bobeira, põe um ferro na cintura e mete bala nos irmãos.”

Com o lançamento de seu primeiro disco, Rap É Compromisso (selo Cosa Nostra), o rapper alcançou o respeito e o sucesso como rapper, que o acabou levando ao cinema. Participou do premiado O Invasor, de Beto Brant, e foi convidado para trabalhar com Hector Babenco em Carandiru, ainda inédito.