Raios do sol acenderão a tocha olímpica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de março de 2004 as 10:17, por: cdb

Como acontecia nos rituais antigos, a pira olímpica de Atenas será acesa por meio dos raios do sol, Nesta quinta-feira, ao meio-dia, horário da Grécia. Um espelho côncavo será colocado para converter a luz solar e acender o monumento que simboliza a abertura da Olimpíada, que fornecerá também o fogo para a tocha.

A cerimônia terá a presença do presidente grego, Costis Stéphanopoulos, e do presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, e será realizada no antigo templo de Hera. Uma atriz local, Thalia Prokopiou, fará o papel da grande sacerdotisa que iluminará a pira.

Constantin Gatsioudis, atleta grego, será o primeiro a carregar a tocha olímpica para alguns metros além do local. Depois de percorrer um itinerário de 365 km, a tocha voltará a Atenas no dia 31 de março para ficar no estádio de mármore em Atenas até o dia 4 de junho.

Neste dia, o fogo olímpico embarcará para Sydney, Austrália, local dos últimos Jogos, e começará uma longa viagem que passará pela mão de 11 mil carregadores, que percorrerão 300 a 500 metros cada um.

Esta será a primeira vez, desde que a tocha começou a ser carregada por diversos países na Olimpíada 1936 (Alemanha), que ela passará pelos cinco continentes. Rio de Janeiro, Cairo e Cidade do Cabo verão a tocha pela primeira vez. No dia 9 de julho, a tocha volta à Grécia para passar por 600 cidades até chegar ao estádio Olímpico no dia 13 agosto, data da cerimônia oficial de abertura.