Rádio Justiça: debate sobre toque de recolher e uso de tornozeleira eletrônica entre os destaques

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 as 18:35, por: cdb

Jornal da Justiça: mantido toque de recolher em Fernandópolis (SP)

Tribunal de Justiça de São Paulo mantém portaria de 2009, que determina o toque de recolher no município de Fernandópolis. A norma proíbe aa 23h, em qualquer dia da semana, desacompanhados dos pais ou responsáveis. Instituído em 2005, o toque de recolher reduziu em 40% o número de infrações envolvendo menores. Confira os detalhes no Jornal da Justiça, que ainda traz matéria sobre a Livraria do Supremo Tribunal Federal. Muita gente não sabe, mas é possível adquirir obras jurídicas a preço de custo no local. A Livraria do Supremo fica no prédio anexo-2 B, em Brasília. Entenda o funcionamento na entrevista com a chefe da Seção de Distribuição de Edições do STF, Maria Cristina. Outro destaque: juiz de Limeira, em São Paulo, suspende a saída temporária de presos que utilizavam a tornozeleira eletrônica e não cumpriram as regras do benefício. São três presos, que passariam o Natal e o Reveillon com suas famílias, mas deveriam permanecer em casa das 22h às 6h, o que não aconteceu. Jornal da Justiça, nesta sexta-feira (07), a partir das 6h.

Justiça na Manhã fala sobre as mudanças na certidão de nascimento

Nova certidão de nascimento segue padrão nacional que promete ser mais simples e seguro. Neste novo modelo, haverá um número de matrícula para cada cidadão, que identificará o cartório, o livro e a folha do registro de nascimento. O número poderá ser acessado pela internet e será reconhecido em todo o país. Além disso, existe apenas um espaço para filiação, e dados como a profissão dos pais não são necessários. Confira quais são as outras novidades na nova certidão de nascimento no Justiça na Manhã, nesta sexta-feira (07), a partir das 8h.

Justiça na Tarde explica função do toque de recolher

Antigamente, o toque de recolher estava ligado aos períodos de guerra. A sirene soava e as pessoas sabiam que deviam deixar as ruas e se abrigar, pois era sinal de bombardeio. Hoje, muitas vezes nos deparamos com notícias sobre decretos de toque de recolher para adolescentes e também em regiões com recordes de violência. O objetivo é afastar os jovens da violência e das drogas, proibindo seu ingresso em bares, danceterias e lanchonetes a partir de um determinado horário, mas também diminuir os índices de criminalidade. Acompanhe debate sobre o tema no Justiça na Tarde, nesta sexta-feira (07), a partir das 14 horas.

Radionovela “O Caroço do Angu” fala sobre suborno

Pedro trabalha na prefeitura e é casado com Mônica. Ele é desses caras certinhos, que nem mesmo o pagamento da conta atrasa. Dia desses, Pedro flagrou seu chefe na companhia de um colega, contando dólares, no gabinete. Coincidentemente, nesse mesmo dia foi promovido. A filha de Pedro acredita que a promoção foi uma espécie de “pagamento”, para que ele não conte sobre o que viu. O fato é que nesta nova função ele se vê envolvido em diversas situações, muitas vezes com alguém tentando “presenteá-lo” para liberar alguma obra. Acompanhe o desenrolar de “O Caroço do Angu” pela Rádio Justiça. A radionovela é apresentada em diversos horários.

Rádio Justiça

Emissoras interessadas podem receber boletins diários produzidos pela Radioagência Justiça. Basta um cadastro no site. São jornais com as principais notícias do Judiciário transmitidos diariamente.

A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 MHz, no Distrito Federal, pelo satélite ou pelo site www.radiojustica.jus.br.