Quatro últimas Libertadores foram decididas nos pênaltis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de junho de 2003 as 03:20, por: cdb

Os últimos quatro campeões da Taça Libertadores foram conhecidos depois das cobranças de pênaltis. Para que isso aconteça pela quinta vez consecutiva, desta vez entre Santos e Boca Juniors, o Peixe precisará vencer por dois gols de diferença o segundo confronto, na próxima quarta-feira, no estádio do Morumbi.

Vitória santistas por três gols e o título da Libertadores fica no Brasil pela 12ª vez. Vantagem de apenas um gol para o Peixe, dá ao Boca Juniors seu quinto título sul-americano, o 20º dos argentinos.

As quatro últimas decisões

Em 1999, depois de perder o primeiro jogo para o Deportivo Cáli por 1 a 0, na Colômbia, o Palmeiras venceu no Palestra Itália por 2 a 1 e conquistou a sua primeira Libertadores vencendo nos pênaltis: 4 a 3.

Em 2000, Boca e Palmeiras empataram os dois jogos: 2 a 2 em La Bombonera e 0 a 0 no Morumbi. Nos pênaltis, deu Boca por 4 a 2.

Em 2001, o Boca conquistou seu quarto título na Libertadores. Venceu o Cruz Azul por 1 a 0 no México e perdeu pelo mesmo placar em Buenos Aires. Depois, venceu por 3 a 1 nas penalidades.

Por fim, no ano passado, o São Caetano derrotou o Olímpia por 1 a 0 no Paraguai. No jogo de volta, no Pacaembu, perdeu por 2 a 1, de virada, e foi derrotado nos pênaltis: 4 a 2.