Quatro são presos com armas na Tríplice Fronteira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 3 de abril de 2004 as 11:13, por: cdb

 Três paraguaios e um argentino foram presos do lado argentino da ponte internacional Presidente Tancredo Neves, que une as cidades de Foz do Iguaçu, Brasil, e Puerto Yguazú, Argentina, na Tríplice Fronteira, quando tentavam transportar um grande arsenal de armas, explosivos e munições em três táxis com registro paraguaio, informou a polícia local hoje.

A operação foi efetuada na tarde de sexta-feira por oficiais da polícia argentina, cujos porta-vozes se negaram a fornecer qualquer informação.

De acordo com alguns meios de comunicação da Tríplice Fronteira, os oficiais apreenderam 400 caixas de munições dos calibres 38 e 32 e 1.700 de cartuchos 12.70, para escopetas.

De acordo com os boletins da polícia, os táxis foram contratados pelo cidadão argentino, que também seria o proprietário da mercadoria.

Augusto Lima, porta-voz da Polícia Nacional paraguaia, comentou que há alguns dias recebeu um alerta da polícia da Argentina sobre o roubo de três toneladas de explosivos de uma fábrica militar da cidade de Azul, na província de Buenos Aires.