PT quer rejeitar reajustes salariais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 12 de novembro de 2002 as 17:51, por: cdb

Líder do PT na Câmara, João Paulo Cunha anunciou que a bancada do partido rejeitará as Medidas Provisórias 45, 51, 52 e 53, todas tratando de reajuste salarial e planos de carreiras de servidores públicos. A 45 reestrutra o plano de carreira do Banco Cetnral; a 51 e a 53, tratam de mudanças nos planos de carreiras da Polícia Federal e a 52 institui uma nova categoria de servidor no Ministério da Saúde.

João Paulo afirmou que, a partir do novo Congresso, no ano que vem, pretende propor uma mesa-redonda no Congresso para discutir e negociar com os servidores as suas reivindicações.