PT pedirá a Lula que a liderança no Senado volte para o partido em 2007

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de novembro de 2006 as 17:50, por: cdb

A bancada do PT no Senado pedirá nos próximos dias ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que a liderança do governo na Casa volte para as mãos do partido a partir de 2007. O recado será dado ao próprio Lula pela líder do PT na Casa, Ideli Salvatti (SC). Até novembro, a função de líder do governo era ocupada pelo senador Aloizio Mercadante (PT-SP). Ele deixou o posto depois do escândalo da compra do dossiê da Máfia das Sanguessugas contra políticos tucanos.

Em meio a crise, Mercadante perdeu não só a eleição, como também a liderança do governo. A função foi passada ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) até dezembro. Os senadores do PT não admitem que a tarefa seja exercida por um senador que não seja do partido de Lula. Ainda mais se a presidência do Senado continuar nas mãos de Renan Calheiros (PMDB-AL), hipótese mais provável hoje dentro da Casa.

A reivindicação da liderança do governo será feita por Ideli em audiência formal com Lula. O pedido, segundo ela, já foi feito, informalmente, na última quinta-feira ao chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho. Ideli confirmou que o senador Tião Viana (PT-AC) será o nome indicado pela bancada para assumir a função.

Ideli aproveitou para se queixar da falta de comunicação entre o presidente e os senadores no primeiro mandato e pede para que haja uma mudança no segundo. 

– Ele precisa melhorar o tratamento necessário, por exemplo, para o arrefecimento de crises -, diz.