PT não vai ocupar cargos na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 15 de fevereiro de 2005 as 15:47, por: cdb

O PT não vai ocupar nenhum cargo na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados em 2005. O partido teria direito a ocupar uma das suplências da mesa, mas durante as negociações para garantir o apoio ao candidato à presidência da Casa, Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), a vaga foi cedida ao PDT. Greenhalgh foi derrotado ontem pelo candidato avulso Severino Cavalcanti (PP-PE).

O PT garantiu, no entanto, a possibilidade de indicar o nome para a presidência da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ), a mais importante da Câmara. As indicações para as presidências das comissões seguem o mesmo rito da Mesa Diretora. O partido com a maior bancada tem o direito de fazer a primeira indicação para a presidência das comissões.

Como referência para essas indicações, foi estabelecido entre a presidência da Câmara e os líderes partidários que valeria o número da bancada registrado na Mesa Diretora até a meia-noite de segunda-feira. Os petistas filiaram o deputado Miro Teixeira e passaram a ter 91 deputados. O PMDB, que começou a segunda-feira com 91 parlamentares, encerrou o dia com 88.