PT confirma indicação de Marta Suplicy para ministério

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007 as 18:49, por: cdb

O conselho político do PT decidiu nesta quinta-feira indicar a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy para ocupar um ministério neste segundo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação foi confirmada pelo presidente do partido, deputado Ricardo Berzoini (SP).

– É um nome para ser oferecido ao presidente, que vai aprovar ou não. Ele (Lula) que vai decidir -, disse.

O conselho político do PT reuniu-se nesta quinta em Brasília e preparou uma lista de nomes para entregar a Lula até o fim do mês. Essa relação ainda será discutida no encontro da executiva do partido no próximo dia 26. Embora tenha confirmado o nome de Marta, Berzoini preferiu não revelar os demais.

Marta é cotada para dois ministérios: Educação e Cidades. A pasta da Educação, hoje nas mãos de Fernando Haddad, é, por enquanto, a favorita, já que o PP quer continuar à frente de Cidades, comandada pelo ministro Márcio Fortes.

Berzoini aproveitou para fortalecer a torcida em torno de Marta.

– É um nome muito forte. A Marta já foi prefeita de São Paulo. É um quadro nacional. No PT não há nenhuma restrição a Marta -, afirmou.

O elogio foi compartilhado pelo vice-presidente do PT, Marco Aurélio Garcia, assessor especial de Lula, que também esteve na reunião do conselho político que classificou Marta como “polivalente”.

– A Marta é polivalente. É um bom nome e muito conhecido -, disse Garcia.

Segundo Berzoini, o PT manifestará a Lula o desejo de continuar à frente dos sete ministérios considerados da cota do partido: Desenvolvimento Agrário, Desenvolvimento Social, Meio Ambiente, Trabalho, Previdência, Educação e Pesca. Pastas ocupadas por petistas, como Planejamento (Paulo Bernardo), Fazenda (Guido Mantega) e Relações Institucionais (Tarso Genro) são consideradas da “cota do presidente Lula”.

Berzoni disse ainda que o PT não vai brigar por ministérios entregues a partidos aliados.