Proteínas que ajudam o HIV a enganar defesas do organismo são descobertas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 17 de outubro de 2003 as 02:31, por: cdb

Pesquisadores americanos identificaram uma série de proteínas que permitem o vírus HIV enganar as defesas naturais do organismo humano e se multiplicar, o que deve levar ao desenvolvimento de novas drogas para o tratamento da Aids.

– Descobrimos uma nova ligação no canal que permite ao HIV superar as defesas imunológicas e infectar o corpo humano – revelou o doutor Xiao-Fang Yu, professor da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, ao site da revista Science.

– Ao identificar as proteínas envolvidas neste processo, poderemos desenvolver novas drogas e terapias para impedir a infecção pelo HIV – disse o cientista, que lidera a equipe de pesquisa que identificou as proteínas, após uma série de complexas experiências em laboratório.

Segundo o estudo, o vírus da Aids tem um fator de infecção essencial para enganar as defesas antivirais do corpo humano.

Para eludir este sistema de proteção natural, o HIV age em conjunto com um grupo de proteínas modificando e obstruindo os agentes antivirais, revelou a equipe.

Nas experiências de laboratório, a equipe descobriu que o bloqueio da função deste grupo de proteínas deixa o HIV muito menos infeccioso e reduz sua capacidade de superar os agentes antivirais humanos.

Os pesquisadores conseguiram reduzir em 90% o poder de infecção do HIV ao bloquear a ação deste grupo de proteínas em combinação com agentes antivirais.