Promotor é assassinado em Curitiba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007 as 19:00, por: cdb

O promotor de Justiça Roberto Moellmann Gonçalves Barros, de 39 anos, foi morto com facadas no pescoço, no início da madrugada desta quinta-feira, em sua casa, em Curitiba. O corpo foi encontrado nesta manhã pela empregada dele. De acordo com um jornal local, a polícia acredita que Barros tenha lutado com o assassino.

As últimas ligações do celular do promotor serão investigadas pela polícia, que ainda não tem nenhuma suspeita. O computador de Barros e o identificador de chamadas de sua casa foram apreendidos pelo delegado Paulo Padilha.

O promotor trabalhava na Vara de Fazenda Pública de Falências e Concordatas do Ministério Público Estadual, mas a polícia descarta que o crime tenha ligação com seu emprego. O homicídio pode ter sido cometido por algum conhecido da vítima. Pela violência dos golpes, os peritos acreditam que duas pessoas tenham participação no crime.