Projeto cultural para jovens em territórios da paz terá como foco o Rio de Janeiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 30 de dezembro de 2010 as 13:35, por: cdb

>
30/12/2010Projeto cultural para jovens em territórios da paz terá como foco o Rio de Janeiro

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O Ministério da Cultura vai investir R$ 10,7 milhões em 700 projetos artísticos e socioculturais de jovens de 15 a 29 anos de localidades atendidas pelo Programa Nacional de Segurança Pública (Pronasci). As inscrições para o Microprojetos nos Territórios da Paz terminaram hoje (30) em 11 estados do país mais o Distrito Federal.

A seleção e o anúncio dos premiados ainda não têm data prevista. Os beneficiados receberão até 30 salários mínimos para desenvolver as propostas. O número de inscritos ainda não foi divulgado.

De acordo com a coordenadora de ações do programa Mais Cultura, Mônica Monteiro, o projeto está mais focado no Rio de Janeiro devido às ações do governo que têm dado certo nessa região. Ao todo, 300 projetos serão direcionados para o estado.

“No caso do Rio de Janeiro, há todo um investimento experimental que tem dado certo em relação ao combate e enfrentamento da violência em várias vias do governo, federal, estadual e municipal. E essa ênfase está sendo dada seguindo essa linha de investimentos que têm sido feitos no estado”, disse.

Segundo ela, nas duas primeiras edições do Microprojetos nos Territórios da Paz, realizadas na região do Semiárido e Amazônia Legal foram contempladas oficinas de capacitação, exposições, apresentação teatral, dança e música, entre outras iniciativas.

“A ideia é fazer com que esses premiados possam se conectar em rede, trocar experiências, e de fato criar um dinamismo em torno disso a partir desse pequeno financiamento. Nos Territórios da Paz ainda não conhecemos os projetos”, afirmou.

Com base nas duas primeiras edições, a coordenadora de ações do programa Mais Cultura disse que foi possível constatar a riqueza cultural que está sendo produzida pela juventude no Brasil. “Independentemente de onde as pessoas estejam e submetidas a condições tanto geográficas quanto culturais ou econômicas e sociais diferentes, sobressai uma riqueza cultural que precisa ser reconhecida e estimulada pelo governo”, concluiu.

O Microprojetos nos Territórios da Paz é uma inciativa do Programa Mais Cultura em parceria com o Ministério da Justiça e busca promover a inclusão social e contribuir na diminuição da violência e da criminalidade.

Edição: Talita Cavalcante

Leia também:

Um mês depois da ocupação, moradores e polícia divergem sobre operação no Complexo do Alemão Ocupação e pacificação de favelas fará com que revéillon de 2010 do carioca seja mais tranquilo Para especialista, Estado deve ressocializar jovens que atuavam no tráfico no Alemão Rio terá queima de fogos pela libertação da Vila Cruzeiro e do Complexo do Alemão