Programa óleo por alimento para Iraque é defendido por Blair e Bush

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de março de 2003 as 14:36, por: cdb

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, defendem a retomada do programa “óleo por alimento” como forma de abastecer o Iraque com bens de consumo básicos.

O programa conduzido pela ONU, que gerenciava a venda de petróleo pelos iraquianos e a compra equivalente em gêneros de primeira necessidade, foi suspenso com o começo da guerra.

“Pedimos que o ‘óleo por alimento’ seja a principal fonte de ajuda ao Iraque. O Conselho de Segurança da ONU deve dar poderes ao secretário-geral, Kofi Annan, para enviar ajuda ao Iraque”, disse Bush.

Blair disse que vai discutir o assunto com Kofi Annan. “A prioridade agora para a ONU é retomar o programa óleo por alimento”. Embora tenha afirmado que também vai discutir o pós-guerra com o secretário-geral, Blair não deixou claro qual será o papel das Nações Unidas na reconstrução do Iraque.

“O papel da ONU será fundamental, mas repito que há uma dezena de questões a serem discutidas”, disse Blair a jornalistas após reunião com Bush. “O conflito ainda não terminou, vamos discutir com diplomacia”.

Os integrantes da coalizão possuem pontos-de-vista diferentes sobre a participação das Nações Unidas. Enquanto os britânicos estão inclinados a obter o aval da ONU no campo da administração do Iraque após a guerra, os EUA preferem que a organização atue apenas no campo da ajuda humanitária.