Professores receberão 14º e 15º salários se alcançarem as metas estabelecidas pelo MEC e PMM

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 12:27, por: cdb

As escolas da rede municipal de ensino que atingirem as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e do Desenvolvimento da Educação da Rede Municipal de Manaus (IDE-Manaus) serão premiadas com 14º salário, e as que superarem essas notas receberão também o 15º salário. O Decreto regulamentando a Lei a nº 1.627 de 30 de Dezembro de 2011 foi publicado no Diário Oficial do Município da última sexta-feira (23).

A nova Lei batizada como Premio de Incentivo ao Cumprimento de Metas do Ensino Fundamental é destinada aos servidores com vínculo direto com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e que estão exercendo função dentro do quadro de funcionários da escola.

“Consideram-se servidores com vinculo direto com a rede pública municipal de ensino, os diretores, secretários, pedagogos, professores, corpo administrativo, serviços gerais, merendeiras e docentes readaptados, entendidos estes como profissionais da educação, em efetivo exercício na escola no ano da realização da avaliação”, afirma o Artigo 4º.

Segundo a professora Márcia Marinho, da Escola Thomás Meirelles, os professores são compromissados com a educação independente de incentivos, mas comemorou a iniciativa da Prefeitura em reconhecer o esforço dos profissionais.

“Muito boa essa iniciativa. Nós professores somos, independente de premiações, compromissados com o desenvolvimento dos alunos, mas é claro que um incentivo desses nos leva a ter mais compromisso ainda”, afirmou.

O Secretário de Educação, Mauro Lippi, lembra que no ano passado, duas escolas atingiram os índices do IDEB e afirma que o objetivo do Prêmio é que mais escolas consigam alcançar as metas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

“Uma média acima de cinco está na no ranking nacional e uma média acima de seis ele está no ranking internacional, então nós estamos perseguindo índices maiores para a educação de Manaus”, disse.

Metas futuras

Foi publicada também uma tabela com as notas a serem atingidas de 2012 a 2016. As escolas que desejam ser comtempladas com o 14º salário terão que obter as pontuações: 5.3, 5.6, 5.9, 6.2 e 6.5, para os anos de 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016, respectivamente. Para receber o 15º salário será necessário ter as notas: 6.0, 6.5, 7,0, 7.5 e 8.0.