Produção industrial cai em oito regiões do país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 10 de novembro de 2006 as 12:29, por: cdb

A produção industrial brasileira apresentou, em setembro, queda em oito das 14 regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em relação ao mesmo mês do ano passado. Os dados, divulgados nesta sexta-feira, mostram que os Estados do Espírito Santo (9,9%), Pernambuco (3,1%), Rio Grande do Sul (2,4%), Minas Gerais (0,5%), Ceará (0,3%) e Santa Catarina (0,2%) registraram expansão.

O maior recuo ocorreu em Goiás (-7,2%). São Paulo, que detém 40% da indústria de transformação do país, teve a segunda maior queda, -2,7%. Em relação a setembro de 2005, a produção industrial subiu em 11 dos 14 locais pesquisados, com as maiores expansões registradas nos Estados do Espírito Santo e do Ceará. No acumulado do ano, houve crescimento também em 11 regiões. O Pará apresentou a maior expansão, com 15,2%, devido à alta nas exportações de commodities.

Em setembro, São Paulo mostrou avanço de 0,7% na comparação com setembro de 2005. Entre os segmentos que mais influenciaram positivamente, estão máquinas para escritório e equipamentos de informática, máquinas e equipamentos e alimentos.