Produção de automoveis em 2010 supera recorde de 2008

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 as 12:19, por: cdb
Caminhão
A produção de caminhões quase dobrou no país

A produção brasileira de veículos em 2010 bateu recorde de 2008, crescendo 14,3% sobre 2009, para 3,64 milhões de unidades, informou nesta quinta-feira a associação que representa as montadoras instaladas no país, Anfavea. O volume ficou exatamente em linha com a estimativa de produção de 3,64 milhões de unidades esperadas para o ano passado pela entidade.

Somente em dezembro, melhor mês de vendas da história do setor no país, a indústria produziu 283,9 mil unidades, queda de 10,3% sobre novembro, mas aumento de 12,3% sobre um ano antes. Enquanto isso, as vendas de veículos novos no mercado interno, incluindo automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões, cresceram 11,9% em 2010, para 3,52 milhões de unidades. A expectativa da entidade, informada no mês passado, era de um volume de 3,45 milhões de unidades para o ano.

No último mês de 2010, a comercialização de veículos novos no país avançou 16,2% sobre novembro e subiu 30,2% sobre dezembro de 2009, somando 381,6 mil de unidades. Em exportações, o setor registrou movimento de 12,9 bilhões de dólares em 2010, avanço anual de 54,7%. Já as vendas externas em dezembro caíram 12,5% sobre novembro, mas saltaram 23,2% na comparação anual, para quase US$ 1,1 bilhão.

Em todo o ano passado, a Fiat vendeu 760.494 automóveis e comerciais leves, alta de 3,2% na comparação com 2009. A Ford comercializou 336.297 veículos nessas duas categorias em 2010, aumento de 10,6%. Enquanto isso, a General Motors apurou vendas de 657.706 unidades no ano passado, volume 10,5% maior na relação anual. Já a Volkswagen AG vendeu 700.620 veículos no ano, incremento de 2,1% ante 2009.

Veículos pesados

As vendas de caminhões novos em 2010 cresceram 43,5%, totalizando 157,696 mil unidades. A Scania comercializou 15.408 caminhões pesados no ano, volume 85,1% superior ao vendido em 2009. A Mercedes-Benz registrou vendas de 13.761 unidades em 2010, alta de 79,6%, enquanto as vendas da Volvo aumentaram 83,3%, para 12.083 caminhões pesados.