Processo de recuperação da BR-060 começa hoje à tarde, afirma Dnit

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 as 12:35, por: cdb

Brasília – Vão começar na tarde de hoje (29) os trabalhos de sondagem para identificar as condições geológicas de trecho de 200 metros da BR-60, onde o aterramento feito durante a construção da pista desmoronou ontem (28). O tráfego foi interditado. A pista do sentido contrário (Goiânia-Brasília) não ficou com sinais de rachadura, mas foi preventivamente interrompido pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Goiás (DER).

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot, afirmou que as obras de recuperação vão começar de imediato, pois o órgão dispõe de R$ 400 milhões em recursos emergenciais. Segundo ele, um desvio numa antiga estrada que ligava Brasília a Anápolis, num trecho de cerca de dois quilômetros, em mão única, será usado como alternativa.

Pagot afirmou que, desde segunda-feira (27), o DER vinha acompanhando a progressão das rachaduras da pista, mas “à primeira vista não era possível prever que ela sofreria desmoronamento”. Moradores da região confirmaram a presença constante de técnicos e trabalhadores do órgão na área nos últimos dias.

Durante o aterramento do trecho para a duplicação da pista não foram detectados sinais de veio d’água que só apareceram depois, favorecendo o deslocamento da terra, segundo o diretor do Dnit.

“Haverá muito cuidado no trabalho que será feito nas pistas que vão ser usadas como variantes, assim como na que será recuperada, pois circulam pela BR-060 diariamente cerca de 60 mil veículos.”

Ao comentar que vai permanecer no cargo em 2011, Luiz Antônio Pagot afirmou serão gastos no PAC 2, até 2012, R$ 41 bilhões, sendo que desse total estão previstos R$ 21 bilhões só para manutenção de rodovias em todo o Brasil.

Edição: Talita Cavalcante

Leia também:

Desmoronamento interdita trecho da BR-060 que dá acesso a Goiânia Desvio na BR-060 deve estar funcionando a partir de amanhã, diz Dnit Luiz Antônio Pagot permanece no comando do Dnit