Príncipe Charles custa 4,2 milhões para Inglaterra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de junho de 2003 as 03:42, por: cdb

O príncipe Charles, herdeiro do trono da Inglaterra, tem 97 empregados e custa 3 milhões de libras anuais (4,2 milhões de euros) ao contribuinte britânico, de acordo com um relatório publicado nesta segunda-feira por sua secretaria.

Charles recebe cerca de 10 milhões de libras (14,2 milhões de euros) de arrecadação por seu ducado da Cornuália, valor que aumentou cerca de 27% em um ano.

O relatório não indica quanto o príncipe paga ao imposto de renda e se limita a avaliar globalmente em 4,3 milhões de libras (6,1 milhões de euros) seus gastos pessoais e fiscais.

O príncipe, que possui três residências, tem a seu serviço 97 pessoas (equivalentes a 91 em período integral), entre elas 17 empregados domésticos para seu serviço pessoal (mordomos, empregadas, cozinheiros).

O relatório sobre as finanças do príncipe de Gales, que é publicado pela primeira vez, quer mostrar que o herdeiro do trono, criticado recentemente por seu alto padrão de vida, não é um peso para a nação e insiste em suas atividades de caridade. Deixa claro, por exemplo, que no ano passado arrecadou 70 milhões de libras para atividades de caridade.

A imprensa criticou no ano passado o herdeiro do trono pela venda de presentes oficiais e recentemente pelo gasto exorbitante nas obras de reforma de sua nova residência londrina, Clarence House, cerca de 4,4 milhões de libras (6,2 milhões de euros) retirados do dinheiro público.