Primeira audiência de bispos da Renascer é adiada nos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de janeiro de 2007 as 20:03, por: cdb

A primeira audiência de Estevam Hernandes Filho e Sônia Haddad Moraes Hernandes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, foi adiada para o 29 deste mês, às 10h (13h pelo horário de Brasília)a pedido da Procuradoria dos EUA.

O Estado da Flórida tem 20 dias, a partir do dia do crime, para pedir indiciamento o casal foi detido pelo FBI (Federal Bureau of Investigation), a polícia federal norte-americana, no último dia 9.

Na terça-feira, os 25 jurados se reuniram para decidir, entre outras coisas, sobre a abertura de processo criminal contra os Hernandes, mas ainda não chegaram a nenhuma conclusão sobre o assunto.

O casal foi detido no aeroporto de Miami por terem declarado incorretamente à alfândega norte-americana que não carregavam mais de US$ 10 mil cada. O casal portava, entretanto, US$ 56 mil em espécie.

Relatório produzido pela própria alfândega norte-americana revela que o casal transportava os dólares escondidos em diversos compartimentos, como bolsas, porta-CDs e até dentro de uma bíblia, que estava na bagagem de Sônia. O casal ficou preso no Centro de Detenção Federal, na região central de Miami, mas depois os dois foram transferidos para detenções da polícia de imigração.

Estevam seguiu para o Centro de Detenção Krome, enquanto sua mulher foi levada para uma prisão em West Palm Beach, próxima de Boca Raton, cidade onde o casal possui uma mansão. Na última semana eles foram liberados, mas em condicional, e não podem sair da Flórida.

No Brasil, eles são acusados de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e estelionato.