Previdência Social arrecadou mais 9,4% em 2004

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 20:01, por: cdb

A Previdência Social registrou arrecadação líquida de R$ 96,03 bilhões em 2004, o melhor resultado da história do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O aumento foi de 9,4% (R$ 12,26 bilhões) na comparação com o ano anterior, de acordo com balanço divulgado pelo secretário de Previdência Social, Helmut Schwarzer. “Isso se deve, principalmente, à melhoria do mercado de trabalho e ao empenho do Ministério da Previdência Social na recuperação de créditos com os devedores”, afirmou.

No mês de dezembro, a arrecadação chegou a R$ 13,31 bilhões, mas a necessidade de financiamento foi de R$ 6,6 bilhões, diante dos R$ 19,92 bilhões gastos com pagamento de benefícios. Schwarzer lembrou que dezembro é o mês em que a despesa é maior, devido ao décimo-terceiro salário, entre outros pagamentos.

De acordo com o balanço divulgado hoje, a recuperação de créditos em dezembro foi de R$ 595,5 milhões, acima da projeção da Secretaria de Previdência Social de R$ 450 milhões. Em 2004, o déficit ficou em R$ 32,7 bilhões – crescimento de 14,1% na comparação com 2003.

– Essa diferença (déficit) se deve em grande parte à evolução do número de beneficiários – explicou Schwarzer. O secretário acrescentou que o aumento de arrecadação também foi influenciado pelo reajuste do salário mínimo, o que contribuiu significativamente para que hoje esteja sendo pago o mais elevado benefício médio dos últimos sete anos.