Pressão Máxima atua em 21 comunidades do RJ nesta quinta-feira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de novembro de 2003 as 10:57, por: cdb

Cerca de 880 agentes das Polícias Civil e Militar estão desde as 8h desta quinta-feira atuando diretamente na Operação Pressão Máxima, da Secretaria de Segurança Pública, para o combate ao narcotráfico no Rio. Nesta quinta-feira, as ações estão concentradas em 21 comunidades em todo a Região Metropolitana do Estado.

Uma equipe da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core) lançará, a partir das 10h, cem mil panfletos com fotos de quatro bandidos procurados. O helicóptero sobrevoará as favelas do Jacarezinho, Rato Molhado, Manguinhos e São José Operário, na Praça Seca. Os panfletos têm fotos dos bandidos conhecidos como Paquito, Lourinho, Natanael e Bruninho.

A Operação Pressão Máxima acontece nesta quinta-feira na Favela Paula Ramos, Cerro Corá, Jacarezinho, Complexo do Caju, Morro da Providência, Morro dos Macacos, Morro do Salgueiro, Morro São José Operário, Favela Nova Brasília, Favela Vila Aliança, Morro da Fazendinha (Complexo do Alemão), Morro do Dendê, Morro São José Operário (Entrando pela Saibreira), Morro Pavão-Pavãozinho, Favela Prados Verdes, em Mesquita, Vila Norma (São João de Meriti), Favela de Manguinhos, Favela da Rocinha, Favela de Antares e Favela do Barbante.